Flerry 1.2.0 disponível

quarta-feira, 04/08/2010 10:29 am  

Foi disponibilizado ontem(03/08/2010) a nova versão da Lib Flerry, com um suporte melhorado para o uso do java e respectivos jars da aplicação java

Segue as novidades e mudanças no Flerry 1.2.0:

  • O processo de localização do Java foi completamente reescrito. Agora este processo olha no local retornado pelo sistema operacional:
    • Windows – c:\windows\System32\javaw.exe (que  a partir da versão 6 se tornou o local padrão de localização do Java) [ uma observação aqui, se sua versão do Windows for NT, provável que a localização seja: c:\windowsnt\System32\javaw.exe ]
    • Mac – /usr/bin/java se não estiver aqui, então verifica no local  /System/Library/Frameworks/JavaVM.framework/Versions/Current/Commands/java
    • Linux – /usr/bin/java se não estiver aqui, então verifica no local /etc/alternatives/java
    • Caso não encontre nos locais predefinidos, o mecanismos de localização do Java então irá procurar: No Windows, utilizará o acesso via NativeProcess ao FindJava.exe para verificar nos registro do Windows a localização do Java. Este mecanismo foi uma contribuição do Serge Jespers, onde ele usa esta funcionalidade na aplicação Package Assistant Pro. No Mac e Linux será acessado o comando nativo /usr/Bin/whereis Java para descobrir onde o Java está instalado.
  • O local padrão para se disponibilizar os arquivos jar foi renomeado, agora deve-se criar o diretório /libs dentro do projeto Adobe AIR /src. Atualmente este diretório não conterá apenas jars, também deverá ser disponibilizado neste diretório o FindJava.exe. Porém o diretório das libs pode ser customizado através da propriedade libsDirectory da classe NativeObject.
  • Todos os jars dentro da pasta libsDirectory serão adicionadas automaticamente ao classpath de execução da aplicação Java. A especificação manual de cada jar do diretório não é mais necessária.
  • O código compilado Java pode ser disponibilizado na pasta classes. Não é mais obrigatório o empacotamento em um jar. Isto irá possibilitar o teste e debug da aplicação de modo muito mais fácil.
  • Suporte “fora da caixa” (facilitado) para debug do código Java.
  • Melhoramento da comunicação do AIR com o Java, agora suporta a transferência de objetos grandes. Isto através da divisão de blocos de 256 bytes.
  • Adicionado um conjunto de testes do FlexUnit.
  • Adicionado um script Ant build.
  • Atualização dos jars de serialização AMF para o BlazeDS 4.0.
  • Removida a referência entre os projetos flerru e flerry-demo. Agora o projeto flerry-demo é um projeto separado que referencia a lib flerry.swc.


Esta versão contou com a contribuição:

Piotr Walczyszyn (autor do projeto)
– Erko Bridee


A seguir segue os vídeos sobre o Flerry…

Página: 1 2

, , , , ,

Este post foi escrito por:

- que escreveu 500 post(s).


Entre em contato